Quarta, 05 Outubro 2011 13:02

2º Congresso Nacional Ordinário da UGT

Escrito por

Eu  14,15 e 16 de Julho/2011, ocorreu a Plenária do 2º Congresso Nacional Ordinário da UGT, no pavilhão de eventos do Anhembi – Centro de Eventos e Convenções da Cidade de São Paulo.

Nesta Plenária foram discutidas as Resoluções tiradas das Plenárias Estaduais e eleita a nova diretoria que ficará por mais 4 anos defendendo

 à classe trabalhadora, tendo sido reeleito o Presidente Patah.

foto-1A UGT segue como a 3ª do Rank das Centrais e este congresso contou com uma participação de quase 3500 dirigentes sindicais de todos os Estados Brasileiros.foto-2

A delegação da UGT-RJ, comandada pelo seu Presidente Nilson Duarte, esteve representada com quase 350 dirigentes de vários Sindicatos do estado do Rio de Janeiro.

O Sindicato de SEEACMRJ, se fez presente no congresso e os Diretores Vilma Santos, Olímpio Barroso, Luciano David e Manoel Martins foram eleitos para compor a diretoria executiva nacional.

Estiveram presentes também varias entidades sindicais internacionais, e as presenças ilustres do ex-presidente Lula, e outras lideranças políticas como Serra, Alkimim e Cassab. A Presidenta Dilma enviou um Ministro para representa - lá.

Eu  14,15 e 16 de Julho/2011, ocorreu a Plenária do 2º Congresso Nacional Ordinário da UGT, no pavilhão de eventos do Anhembi – Centro de Eventos e Convenções da Cidade de São Paulo.

Nesta Plenária foram discutidas as Resoluções tiradas das Plenárias Estaduais e eleita a nova diretoria que ficará por mais 4 anos defendendo à classe trabalhadora, tendo sido reeleito o Presidente Patah.

A UGT segue como a 3ª do Rank das Centrais e este congresso contou com uma participação de quase 3500 dirigentes sindicais de todos os Estados Brasileiros.

A delegação da UGT-RJ, comandada pelo seu Presidente Nilson Duarte, esteve representada com quase 350 dirigentes de vários Sindicatos do estado do Rio de Janeiro.

O Sindicato de SEEACMRJ, se fez presente no congresso e os Diretores Vilma Santos, Olímpio Barroso, Luciano David e Manoel Martins foram eleitos para compor a diretoria executiva nacional.

Estiveram presentes também varias entidades sindicais internacionais, e as presenças ilustres do ex-presidente Lula, e outras lideranças políticas como Serra, Alkimim e Cassab. A Presidenta Dilma enviou um                Ministro para representa - lá.