Imprimir esta página
Sexta, 18 Maio 2018 13:32

Comlurb e Sindicato Formalizam Novo PCCS, que Começa a ser Implantado na Companhia

Escrito por

Vitória da categoria, incluída no Acordo Coletivo, promoverá mais justiça e novas oportunidades de crescimento profissional para os trabalhadores. Ajustes financeiros virão na folha de outubro.

Em reunião realizada com o Sindicato nesta 5ª feira, 17 de maio, o presidente da Comlurb, Tarquinio Prisco Fernandes de Almeida, assinou documento formalizando a implantação do novo Plano de Cargos, Carreira e Salários (PCCS) na Companhia. Com o novo PCCS, todos os empregados serão beneficiados ao longo de suas carreiras dentro da Companhia.

A partir de agora, o novo PCCS entra na fase de análise concreta de cada função e do enquadramento de cada trabalhador, levando em conta os critérios definidos no Plano. O compromisso da Comlurb com a categoria é de implantação definitiva e repercussão na folha de pagamentos de outubro deste ano.

VITÓRIA DA CATEGORIA

O novo PCCS foi amplamente estudado e debatido em reuniões abertas com o Sindicato e trabalhadores durante 2017. Ainda assim, estava parado na Companhia, sem uma definição prática de quando seria implantado. Por isso, o Sindicato pressionou durante a recente Campanha Salarial para que o PCCS saísse do papel. O Acordo Coletivo de 2018 (ACT) só foi assinado após este compromisso da Comlurb. Em assembleias na base, a categoria aprovou o ACT com a inclusão do compromisso da empresa com o novo PCCS.

NOVO PCCS VAI SER BOM PARA TODOS E PREMIARÁ O DESEMPENHO

O novo Plano amplia as remunerações, em cada faixa salarial, entre 20% e 43%. Isso não quer dizer que todos os 22 mil empregados terão aumento salarial de forma igual no primeiro momento. Como o Plano visa corrigir distorções e injustiças, é claro que alguns, que estavam muito prejudicados, receberão uma compensação maior. Afinal, Plano de Cargos não significa aumento linear igual para todos – e sim correção de remunerações, funções e perspectivas dentro da Companhia. No entanto, ao trazer mais justiça e novas perspectivas de futuro, beneficia a todos, agora e durante a carreira na empresa.

Com o novo PCCS, terão elevação salarial, logo na implantação, as categorias: Gari II, Gari III, APA, Vigilante, Vassoureiro, Operador de Tratores e Máquinas e Auxiliar de Serviços de Laboratório (atual Auxiliar de Limpeza de Laboratório). O Gari passará a ter progressão horizontal por mérito, no nível I da carreira, intercalada com a manutenção da progressão horizontal atual. Ou seja, haverá progressão salarial para todos, mas o bom desempenho será reconhecido e valorizado. A área administrativa, por sua vez, passa a ser uma carreira, com perspectiva de progressão.

Uma das grandes conquistas deste novo PCCS é que ele institui o "carreirão", um mecanismo que abre várias oportunidades internas para que garis e outras funções cresçam profissional e salarialmente a partir de habilidades técnicas que possuam ou possam vir a adquirir. Ou seja, é uma espécie de "concurso interno" para aproveitar e dar oportunidade ao pessoal da Casa. Além disso, no novo PCCS outras carreiras são criadas, gerando perspectivas concretas de progressão na empresa, e algumas funções são aglutinadas, com elevação da classe salarial.

mesa 01mesa 02